retro
fit

Retrofit mantém a essência de prédio original (muitas vezes tombado), mas incorpora novo layout, infraestrutura moderna, união de estilos, novos usos, novos espaços. Tudo depende da necessidade.

É quando a arquitetura une histórias.

romi
romi

press to zoom
edificiomartinelli4712corte
edificiomartinelli4712corte

press to zoom
romi
romi

press to zoom
1/2
ROMI56 VILA ROMANA

Dois estilos representando duas épocas, ocupando o mesmo espaço, conectando o moderno ao contemporâneo.

O Romi56 Vila Romana agrega valor patrimonial,  histórico e social à sua reutilização, contribuindo para a requalificação do seu entorno.

Os antigos escritórios das Indústrias Romi, (protegido pelo patrimônio histórico municipal desde 2004), passa a ter um novo uso com sua  transformação em um residencial com todas as comodidades dos dias atuais. O galpão industrial e outras construções de menor significado deram lugar a uma torre residencial totalmente integrada ao edifício histórico. Num terreno de 3.595 m2, o edifício histórico ganha uma nova configuração com lofts de 27 a 54 m2 enquanto que a nova torre tem apartamentos de 67 a 70 m2. 

Lare_Coroliano_Fachada_1_R04_HR
Lare_Coroliano_Portaria_LR1
Lare_Coriolano_Studio Final5_LR
Lare_Coroliano_Mezanino_LR
Lare_Coroliano_Hall_LR
Lare_Coroliano_Fitness_LR
Lare_Coroliano_Fachada_Fundo_LR3
edificiomartinelli5032
edificiomartinelli4110
edificiomartinelli5134
edificiomartinelli5026
edificiomartinelli4924
edificiomartinelli4922
edificiomartinelli4820
edificiomartinelli4818
edificiomartinelli4816
edificiomartinelli4712
edificiomartinelli4814
edificiomartinelli541
edificiomartinelli439
edificiomartinelli392

Formas bem definidas, pé-direito com 3,70 m, amplas aberturas, com esquadrias de madeira pinho-de-riga, e escadarias revestidas de mármore carrara retratam o glamour vivido pelo Martinelli nos áureos tempos. Intervenções adequadas nos interiores com a modernização do sistema de iluminação e implantação da infraestrutura necessária à informática e comunicação fazem parte do projeto. Foram dois grandes desafios durante o retrofit: o primeiro foi readequar as mudanças de infraestrutura no prédio em plena atividade e o segundo, implementar soluções modernas nos ambientes de trabalho sem alterar detalhes e ornatos decorativos originais. “Foi como trocar os pneus de um carro com ele em movimento. E mais: melhorar a performance e a velocidade dele”, brinca Paulo Lisboa.

 

Para conhecer mais sobre o projeto:

https://www.youtube.com/watch?v=l6y9EZn5znw

Fotos: Ana Melo.

EDIFICIO MARTINELLI